Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Labirinto

Labirinto

Delírio

Vivo assombrado pela tua memória.

Lembrança funesta que me faz delirar.

Nos sonhos recapitulo toda a história

e acordo a definhar.

 

Nunca me lembro de te esquecer.

O meu vil eu ri-se a bandeiras

despregadas

achando ridícula a minha forma de

viver

enquanto olha para as recordações

emolduradas.

 

Passo as noites de olho aberto

numa troca de argumentos com a

consciência

desejando ter-te por perto

para me lembrares qual a minha

essência.

 

Pelos recantos do quarto

procuro sossegar

a alma e o corpo

deste sufoco

que é viver sem amar.

publicado às 22:45

Calendário

Junho 2016

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados