Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Labirinto

Labirinto

da janela para o mundo

da minha janela

vejo todo um mundo

com a ilusão bela de

que lhe pertenço.

da minha janela

admiro os transeuntes ocupados

com as suas vidas

vivendo o hoje e preparando

o amanhã.

no reflexo que a janela me proporciona

vejo um miúdo

que carrega uma mágoa

exaustiva,

desperdiçando o presente

hipotecando o futuro.

nesse mesmo reflexo

uma tristeza sobressai

no seu semblante.

escodendo-se numa complexidade

de emoções e pensamentos.

procura-se no reflexo diante de si,

nas pessoas que passam,

no cigarro que se consome.

sente-se preso no passado

e na melancolia consequente.

deposita uma fé exacerbada 

em sensações antigas;

vive desejando revivê-las,

mas desta vez com todo o fulgor.

o miúdo sou eu;

ou assim creio - já não sei.

 

da minha janela consigo ver o mundo.

ele altera-se e mantém-se intacto a cada instante.

julgo-o inalcansável.

recosto-me na cadeira

e fumo mais um cigarro - é a satisfação momentânea.

publicado às 17:22

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados